Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

No comando: FORRÓ DO LOBÃO SAT

Das 00:00 às 03:00

roberto
No comando: ROBERTO CARLOS E CIA

Das 05:00 às 06:00

lobao
No comando: FORRO DO LOBÃO

Das 06:00 às 08:00

deniss
No comando: BOM DIA ATIVIDADE

Das 08:00 às 10:00

xandy
No comando: CALDEIRÃO DA ATIVIDADE

Das 10:00 às 12:00

edelson
No comando: PROGRAMA AMADO BATISTA

Das 12:00 às 13:00

13423843_517552441785253_846113022319262019_n
No comando: BOA TARDE ATIVIDADE

Das 13:00 às 14:00

img-5511
No comando: SHOW DO TÁXI

Das 14:00 às 16:00

chico2
No comando: FORRÓ DO CHICO COBRA DAGUA

Das 16:00 às 18:00

09-apresentador-do-top-10-central-hits
No comando: AS MAIS PEDIDAS DO DIA

Das 18:00 às 19:00

vozdobrasil
No comando: A VOZ DO BRASIL

Das 19:00 às 20:00

photo-2018-09-06-15-16-27
No comando: PROGRAMA TUDO QUE BALANÇA

Das 20:00 às 22:00

frank
No comando: MOMENTOS DO CORAÇÃO

Das 22:00 às 00:00

Buscas nos escombros do Museu Nacional exigirão trabalho de arqueólogo

Compartilhe:
03092018ab06-7849361

Rio – O trabalho de tentar recuperar o acervo que possa ter resistido ao incêndio que destruiu o Museu Nacional vai exigir técnicas usadas por arqueólogos. Um especialista em Arqueologia foi designado e está captando e treinando voluntários que, assim que for liberada a entrada no espaço destruído, ajudarão nas “escavações” na instituição. A chuva que atinge a região na manhã desta quinta-feira paralisou os trabalhos de perícia da Polícia Federal, o que atrasa ainda mais o início da retirada dos possíveis itens que resistiram ao incêndio.”Isso deve vai durar meses. Visivelmente existem algumas peças que podem ser recuperadas, mas é preciso cuidado, já que até o toque podem estragá-las. O desafio é fazer isso tudo sem prejudicar o acervo. Vamos fazer o trabalho de arqueologia no prédio para resgatar o museu. Nunca imaginaríamos que isso iria acontecer, mas vamos devolver esse museu à população com qualidade”, disse o diretor de administração do Nacional, Wagner Martins.
SAIBA MAIS
Bombeiros concluem que Museu Nacional estava irregular quanto à segurança contra incêndio
‘É uma tristeza saber que nada daquilo que foi levado para a Avenida não existe mais’, diz carnavalesco sobre Museu Nacional
TCU apurará responsabilidades sobre incêndio no Museu Nacional
Museu Nacional terá ajuda internacional
Segundo Martins, há no momento duas frentes de trabalho no espaço: uma é o registro fotográfico de locais onde estão autorizada a entrada, na tentativa de mapear espaços onde haja possíveis itens do acervo. A outra é a filmagem por drone, que estão descendo até a parte interna e fazendo imagens. O trabalho é feito por cinco pesquisadores do Coope, da UFRJ, e itens da coleção de paleontologia e minerais foram encontrados e podem ser reaproveitados, assim como um armário, que não se sabe o que tem dentro. Eles serão catalogados e os registros facilitarão as buscas no futuro.Uma reunião dos representantes do museu e da UFRJ discutiu como será a contratação de andaimes para o prédio e a colocação de uma lona que vai cobrir o espaço destruído. Existe também uma preocupação de quando a Polícia Federal for embora quanto à segurança do espaço.

Deixe seu comentário: